Sabedoria Xamanica – O Espirito da Baleia

A Baleia carrega consigo a simbologia das águas, trazendo o equilíbrio, fluidez, inteligência emocional, criatividade, verdade e essência. Antigas civilizações acreditavam que a baleia era a guardiã dos registros do tempo na Terra.

Para o Xamanismo, a baleia é um símbolo de poder. Sobretudo, o poder sobre as águas. Simbolizam as águas cósmicas e por causa de sua grande capacidade de navegação e comunicação, são consideradas como um símbolo de segurança emocional e sensibilidade.

Seu espírito nos ensina a nos conectarmos com a intuição, com a nossa voz interior. Aprendendo a navegar nas águas turbulentas do inconsciente, gerando a harmonia, equilíbrio e confiança em manifestar a sua verdade interior.

Se as sincronicidades estão trazendo para você as baleias, procure observar suas emoções, liberte-se e perdoe se necessário. Abra espaço para o renascimento da sua expressão e criatividade.

A Baleia é um animal de poder reconhecido em muitas tradições nativo americanas, em que são também honradas e respeitadas, especialmente entre as tribos da Costa do Pacífico. Como uma criatura compassiva e solidária, a baleia é associada à sabedoria e percepção do mundo espiritual. 

Sendo a guardiã do tempo, ao se conectar com a energia da baleia somos conduzidos a um mergulho interior atemporal, para observar e harmonizar questões emocionais que geram desequilíbrio em nossa realidade.

Durante muito tempo considerada um peixe, a baleia é um mamífero que pelo seu tamanho e forma foi considerada uma deusa do mar. Enquanto divindade, a baleia é um símbolo de renascimento associado ao fato de ser também um suporte do mundo. Em muitas tradições, existe um mito iniciático de passagem pelo ventre da baleia como uma espécie de renovação espiritual ou metafísica.

Na bíblia  Jonas foi engolido pela baleia e lá permaneceu durante três dias e três noites – números também profundamente simbólicos –, é necessário compreender a metáfora. Três dias e três noites no ventre da baleia é imagem que simboliza um profundo mergulho no inconsciente. Jonas, no relato bíblico, tentou fugir da luz. Como consequência, mergulhou no sombrio fundo do oceano e no ainda mais sombrio ventre da baleia, onde nenhuma luz pode chegar.

A baleia azul é uma imagem que une esses dois pontos. Simboliza o profundo inconsciente humano, onde nenhuma luz pode chegar. E simboliza também a tristeza absoluta, onde não há qualquer alegria. É uma forte imagem que se aplica a quem se vê em estado depressivo: um mergulho profundo no inconsciente sem qualquer alegria, qualquer luz, qualquer ânimo.

O mesmo mito pode ser encontrado na Polinésia, em que um herói conseguiu sobreviver depois de ter estado no ventre de um monstro marinho. A baleia simboliza também o desconhecido e o tesouro escondido, tal como os mitos da caverna.

O confronto do herói com a baleia é um símbolo da luta pela libertação da consciência do Eu, das ligações com o inconsciente. Sua salvação representa a vitória do consciente sobre o inconsciente.

Curiosamente, as teorias de Jung nos ensinam que os abismos profundos escondem silenciosas promessas de gloriosas redenções. O inconsciente traz tesouros ocultos, Jung diz. As maiores árvores só alcançarão os céus paradisíacos se suas raízes mergulharem profundamente até as regiões mais sombrias. O herói é o que desce, mas depois consegue subir. O herói é aquele capaz de encontrar a redenção, onde não parece haver qualquer esperança.

No mais trágico dos solos, a árvore de uma vida absolutamente nova pode brotar. E é assim, e apenas assim, que Jonas retorna à superfície, a genialidade do herói que se reinventa supera a loucura da desintegração, a vida vence a morte e a glória da redenção, faz possível ver que o ventre da baleia era surpreendentemente uma bênção. Heróis não são aqueles que culpam a vida e sucumbem à morte. Heróis são aqueles que retornam para contar sua história.

A baleia assim como os golfinhos é um ser de Sírius A que além de outras missões, purifica as energias densas geradas na Terra através dos conflitos que foram gerados por milhares e milhares de anos, sua mente é expandida e sua memória é capaz de armazenar mais lembranças que os seres humanos. A baleia nunca se esquece de quem um dia fez bem para ela. Há muitos relatos de baleias e golfinhos que salvaram vidas em afogamentos.

No Vietna, a baleia é um animal sagrado, que protege os pescadores dos naufrágios e os guia a bom porto.

As baleias da espécie Jubarte em especial são bastante “altruístas” e costumam ajudar outros animais em perigo. “Elas se apressam para entrar numa situação e salvar um representante de outra espécie”

Sonhar com baleia significa a necessidade de ouvir sua voz interior, entender o impacto que suas emoções causam no cotidiano. É um chamado da baleia que está lhe oferecendo orientação de que é preciso se tornar melhor e mais consciente das percepções espirituais. Considere esses sonhos como um lembrete de que chegou a hora de perceber o que sua voz interior fala e buscar expandir ainda mais a sua consciência.

A Baleia traz a mensagem de que é o momento de olhar com amor para essas questões que limitam a sua expressão, sintonize a energia da baleia e permita-se, libere tudo que o impede de manifestar sua verdade interior.

Além disso, a Baleia aparece para nós com mais frequência quando nosso eu interior quer nos lembrar que cada um de nós deve cantar sua música por toda a vida. Assim, ao escolher o seu caminho, não baseado nas escolhas dos outros, você encontrará a sua realização e o seu verdadeiro propósito. Assim você estará em equilíbrio e fluidez com sua inteligência emocional, com sua criatividade, verdade e essência!

 Equipe Luz das Estrelas https://luzdasestrelas.com.br/

Compartilhar:
Iniciar chat
Posso ajudar?