QUAL É A PONTUAÇÃO DA SUA VIBRAÇÃO

Todas as coisas em nosso universo estão constantemente em movimento, vibrando. Até objetos que parecem aos olhos físicos como imóveis, na verdade estão vibrando, oscilando, ressoando, em várias frequências. Em nossa multidimensionalidade isso também é uma realidade.

O pesquisador de consciência David Hawkins, usando cinesiologia, ciência que estuda os movimentos do corpo humano, descobriu algo que ele chamou de mapa da consciência.

De acordo com este mapa, a consciência humana é dividida em níveis e cada um deles corresponde a uma emoção e percepção dominantes da vida, que consequentemente condiz com uma frequência vibracional que é emitida por nós, de acordo com o nosso nível de consciência, ou seja, quanto mais alto na escala estamos pela maior parte do tempo, maior e mais alta é a quantidade de energia vital que absorvemos e emitimos. 

Mais elevadas também são as experiências que atraímos para nossas vidas!

À medida que treinamos manter pensamentos e emoções que vibram alto e que estão ilustradas na escala de Hawkins para melhor entendimento, permanecer em altas frequências de energia se torna um hábito e posteriormente, se transforma em algo natural em nós.

Durante esse processo, a consciência se expande e o nível de percepção sobre a vida muda para melhor, do contrário, quanto menor for a frequência vibracional de suas emoções recorrentes, ou seja, quanto mais baixo for o padrão vibratório, mais dificuldade se cria em absorver a energia vital, a energia criadora que dá vida e movimento à todas as coisas. 

A consequência disso é que mais baixos se tornam os níveis de emissão de energia, o que gera um bloqueio na comunicação com o Universo, o fluxo de troca de informações com a Fonte da vida, vai se tornando obstruído, ou seja, começa a existir de fato uma dificuldade maior em manifestar experiências que apoiam a sua evolução de maneira menos dolorosa.

Por exemplo, o indivíduo que tem por padrão se lamentar, se culpar ou mesmo que só em pensamento foca em achar culpados por suas aflições e dificuldades, está na verdade, construindo cada vez mais barreiras em torno de si mesmo, barreiras que o impedem de se comunicar de forma clara com a Fonte primordial da Criação e com tudo que provém dela.

Quando o padrão que se repete na vida dessa pessoa é sofrimento, significa que não está havendo comunicação com a verdade, mas sim uma identificação e uma crença de que a verdade é a ilusão de uma realidade criada por ela mesma!

Tudo aquilo que afasta você do bom, do belo e do justo é resultado da ilusão que por ora, você está sendo alimentando através de suas crenças, pensamentos e emoções predominantes.

Para romper esse ciclo é essencial em primeiro lugar, sair da posição de vítima das circunstâncias e assumir que somente melhorando a qualidade de seu padrão vibracional, você poderá avançar, se transformar e entrar no fluxo de abundância do Universo.

E a abundância a qual me refiro é se permitir ser inundado pelas ondas da ascensão, pelas altas frequências de energia que estão disponíveis para todos nós e, em todo o cosmos.

Uma das crenças que mais limitam as pessoas e que escutamos desde crianças são afirmações do tipo: “Se Deus quiser… tudo vai dar certo” “Se Deus quiser… eu vou encontrar um trabalho melhor…” “Se Deus quiser… isso ou aquilo”….Amados o Criador quer que tudo de melhor nos aconteça, ele nos capacitou para vivermos o melhor, então não é sobre Ele, não necessitamos da permissão dEle para sermos amados, saudáveis, prósperos, altruístas, colaborativos ou manifestar todos os aspectos de nossa essência divina, definitivamente, Ele já nos deu essa permissão, quando nos fez a sua imagem e semelhança e não estou me referindo ao Deus humanizado pelas doutrinas religiosas. 

O que quero dizer é que somos co criadores, somos um aspecto do Criador, portanto, somos nós é quem criamos a nossa realidade, não há como ser diferente!

Quem deseja mudar a sua percepção da realidade, precisa entender que se existe a intenção de expandir os seus dons e habilidades e principalmente, se existe a consciência de que TODOS somos merecedores de viver as melhores experiências nesta vida e além, assim será!

Sempre existirá o melhor cenário para apoiar o seu bem mais elevado. Agora se você tem dúvidas de como fazer para acessar essas possibilidades, um bom modelo de apoio para ajudar você em sua auto observação é a escala de vibrações de energia de Hawkins, você pode ler a descrição de cada nível e identificar em qual nível de energia você tem estado, existe um padrão? Certamente que sim!

Ao se autoanalisar é bem provável que você perceba oscilações de níveis, isso é normal, contudo, se você analisar um espectro maior de tempo, como por exemplo os últimos 3 meses, vai perceber que é possível identificar quais emoções são mais recorrentes. Já recomendamos aqui no canal em outros vídeos a prática de escrever um diário, para quem tem esse hábito, o processo de autoanálise fica mais fácil, mas se você ainda não tem esse costume, sugiro que comece a anotar, pode ser em um caderno comum, anote o dia e a emoção que foi predominante para você, repita esse registro por no mínimo 30 dias e após consulte a tabela para ter uma ideia sob qual vibração você tem estado, acredite, isso pode mudar radicalmente a forma como você tem interpretado as “circunstâncias” de sua vida!

A escala da consciência de Hawkins é um estudo que apoia o seu auto trabalho e o controle de suas emoções, quando digo controle interprete como um sinônimo de repressão, não devemos reprimir nossas emoções, falo controle no sentido de seu auto observar mesmo e à partir daí,  escolher alimentar uma emoção mais compatível com o que você quer manifestar em sua vida!

O início desse processo muitas vezes é mecânico, forçoso, exige disciplina e determinação, porém, como tudo na vida, com a prática, isso também se tornará fácil e fluído, assim, como será a sua vida quando você aprender a dar direcionamento para o seu veículo biológico (corpo/mente) navegar nas ondas cósmicas com segurança e rumo certo.

Os indicadores básicos dessa escala, são referências numéricas e letras, você pode procurar a imagem o Google imprimir ou salvar em seu celular, tablet ou computador.

 O ponto chave da escala da consciência, está em um nível de cerca de 200 pontos, que está associado à coragem. Não por acaso, coragem vem do latim coraticum, que significa a bravura que vem de um coração forte.

Agir à partir do coração, que é a sede do poder que vem de nossa alma que é infinita. A pessoa que escolhe a coragem como seu guia, não se esconde, mas enfrenta os desafios e seus próprios medos com a ajuda de sua força interior, ou seja, através de seu estudo Hawkins concluiu que todas as ações, pensamentos, sentimentos e associações abaixo do nível da coragem, tornam a pessoa mais fraca, o que pode ser facilmente reconhecido através da auto observação e observação de seus pares. 

Ações, pensamentos, sentimentos, acima do nível de 200 pontos dão força a uma pessoa. Este é um ponto de equilíbrio entre energias produtivas e as más qualificadas, energias positivas e negativas.

Em níveis abaixo de 200 pontos, a sobrevivência se torna o objetivo principal, embora na parte mais baixa da escala que é a zona de desespero e depressão, esse desejo possa estar ausente. Os níveis mais altos de medo e ira são distinguidos por desejos egoístas que surgem do impulso interior de sobreviver. No nível do Orgulho, o desejo de sobreviver pode aumentar para o desejo de ajudar outras pessoas a sobreviver. Depois que uma pessoa cruza a fronteira entre a influência de energias negativas e positivas e está no nível da coragem, o bem-estar das pessoas à sua volta se torna gradualmente importante.

Em 500 pontos, a felicidade de outras pessoas se transforma na principal força motriz. Tendo superado o nível de 550 pontos, uma pessoa começa a se interessar por questões próprias e pelo desenvolvimento espiritual de outra pessoa, e no nível de 600 pontos, seus principais objetivos são o bem-estar da humanidade e a busca de caminhos para a iluminação. Em um nível de 700 a 1000 pontos, uma pessoa dedica sua vida à salvação de toda a humanidade.

Quando falamos em agir através da energia do Amor, também estamos falando em agir com coragem. Coragem significa ter disposição para experimentar e aprender coisas novas,  combater com entusiasmo e gratidão pela oportunidade de acordar todas as manhãs, independente das adversidades que a realidade esteja lhe apresentando, porque você tem a consciência de que é no aqui e agora que você pode mudar e melhorar o que acontece dentro e fora de você. 

Nesse nível de energia, uma pessoa é capaz de discernir e aproveitar intuitivamente as oportunidades que a vida lhe proporciona. Para uma pessoa que vibra a maior parte de seus dias nessa frequência, o desenvolvimento pessoal e espiritual através da educação e treinamento são atingíveis. 

Uma pessoa que escolhe se alinhar com a coragem, com a força que vem de seu coração é capaz de suportar medos ou até fraquezas de caráter e se desenvolver, apesar de todos os obstáculos, e a ansiedade ou incerteza não o impedem de continuar a buscar seus objetivos, como acontece em níveis mais baixos de consciência. 

A barreira que mantém as pessoas presas à ilusão do sofrimento e escassez é alimentar e acreditar nas emoções que vibram em frequências de energia muito baixas, sendo assim, até que essas pessoas se permitam dar o primeiro passo para romper com esse ciclo, a consciência permanecerá onde está!

A energia pulsante e vibrante de seu coração é a ponte que liga você ao seu Eu superior e consequentemente ao seu bem mais elevado!

Como tudo no Universo opera por frequências e ressonância, a energia que você vibra em predominância é a mesma energia que você atrai predominância para sua vida. 

Amados, o processo de Ascensão está acontecendo, não subestime a força e o poder de sua intenção, se você quer de coração, você pode e você consegue tudo o que vai de encontro com o que é benéfico para si e para o Todo. E sim! Deus quer que você expanda a sua Luz ,afinal é para isso que você veio!

Gratidão – Equipe Luz das Estrelas.

https://luzdasestrelas.com.br/

Compartilhar: