Os Filhos das Estrelas

Saudações! Aqui é Dafne Lima, sejam todos muito bem vindos.

Hoje dia 12 10 que em nosso calendário é celebrado o dia das crianças, quero compartilhar com vocês, alguns insights inspiradores sobre os novos filhos das estrelas.

Filhos das estrelas somos todos nós, em essência, assim como nossa criança interior é a semente de quem somos e de quem nos tornamos na jornada humana.

O início genuíno de sua existência neste orbe terrestre é a semente que deu origem a sua criança interior. A criança que até por volta dos 10 anos de idade terrestre, processa tudo o que percebe, sente, cheira, ouve e toca, absorvendo sentimentos e crenças em sua mente subconsciente.

São essas as camadas que após despertarmos, passamos a trabalhar para curar, dissolver e transmutar, no intuito de nos reaproximarmos novamente, de quem somos em essência. Um processo que geralmente passa pela cura da criança interior.

À medida que a Terra e a Humanidade continuam a ascender para frequências mais elevadas, possibilidades inteiramente novas de fazermos esse resgate e cura são reveladas e assim, temos a oportunidade de nos reaproximarmos cada vez mais de nossas essências.

Um bom exemplo desse avanço espiritual que a Terra testemunha já a alguns anos, são os filhos das novas energias, que só pelo fato de estarem na Terra, aumentam a frequência vibracional de nosso planeta e através do exemplo de como lidam com os eventos de suas vidas, nos inspiram e nos ajudam no trabalho de dissolução das várias camadas que nos separam de nossa essência.

Em outras palavras, os novos filhos das estrelas são capazes de começar sua jornada de vida em uma frequência vibracional mais elevada do que a habitual, com o propósito divino de ajudar a humanidade a sair do velho paradigma de ganância, controle, medo, competição e estresse, e para o novo paradigma de amor, manifestação, integridade, paz e cooperação.

Muitas dessas crianças não são mais crianças, contudo, são frequentemente rotuladas e agrupadas como crianças índigo, cristal e arco íris. Suas habilidades e dons se manifestam de diferentes formas,

mas as camadas de separação que se formam na infância, nestas crianças, tendem a ser mais fáceis de dissolver. Ou seja, o que as difere do restante é a forma como lidam com os eventos percebidos e sentidos durante a vida, incluindo os vividos na infância.

Os filhos das novas energias tendem a ser mais resilientes, porque mesmo inconscientemente, sabem que esta experiência terrena é só mais uma etapa de suas jornadas evolutivas, sentem mais do que a média da população, que há algo além do que seus olhos físicos podem ver ou do que suas mãos podem tocar.

Não é que elas não sofram, mas em geral, elas lidam de uma forma diferente com tudo o que lhes acontecem, todavia, como todos nós, elas não estão imunes aos traumas, mas são geralmente mais intuitivas, sensíveis, telepáticas, espirituais e compassivas.

Todos nós temos traumas, contudo os traumas e as respostas emocionais que experienciamos na infância, tendem a moldar nossos padrões de comportamento na vida adulta.

Essa é uma das razões para que hoje em dia, haja tantos estímulos nefastos dos seres hostis na tentativa de roubar o encanto da infância de nossas crianças. É nosso dever cuidar e zelar pela proteção de todas as crianças, sem exceção!

Os rótulos dos filhos da nova energia podem variar e não são completamente desnecessários, afinal, eles podem ajudar os pais a compreender seus filhos mais sensíveis e suas necessidades únicas, e podem ajudar os próprios filhos das novas energias a entender por que se sentem diferentes ou se sentem estranhos em comparação com a maioria das pessoas.

Normalmente nos sentimos aliviados quando entendemos que somos como somos, por uma razão especialmente divina! Cada um de nós, independentemente dos rótulos, somos seres únicos, com dons e habilidades divinas. Todos temos muito a aprender e também a ensinar.

É extremamente importante salientar aqui que não há exclusão que outras crianças ou adultos não possam acessar ou algum tipo de dom disponível apenas para os novos filhos das estrelas. Na realidade os filhos das novas energias são em essência mostradores do caminho!

São fractais da Fonte que encarnaram no corpo físico, com uma maior quantidade de Luz intacta e uma vez que uma nova característica, traço ou frequência é experimentado por QUALQUER SER no planeta Terra, isso pode ser experimentado por TODOS.

A ORIGEM DOS FILHOS DAS ESTRELAS

O grande propósito para os novos filhos das estrelas é ajudar a humanidade a experimentar mais a vida espiritual, a vida que está além e que ao mesmo tempo coexiste com a vida material.

Como um coletivo, o propósito desses espíritos é o despertar da consciência em massa, ancorando mais luz, amor, altas frequências para que todos possam se lembrar da verdade de quem são.

Pelo exemplo e pela energia, eles nos mostram como todos podemos retornar à experiência de unidade com a Fonte.

Um novo modo de viver e experimentar a vida terrena que está acessível a todos aqueles que desejam abandonar o velho paradigma e ascender a uma nova experiência de viver em alinhamento com a Fonte e com as frequências mais elevadas de Luz e Amor. Esse é o caminho de volta para casa. Feliz dia das crianças.

Hoje às 21h aqui no canal, teremos a meditação para ativar o conhecimento sagrado e os códigos de Luz contidos em seu DNA. Não perca!

Texto por Dafne Lima, Equipe Luz das Estrelas.

www.luzdasestrelas.com.br

Compartilhar:
Iniciar chat
Posso ajudar?