O FUTURO DA HUMANIDADE

Na transmissão de hoje vamos refletir sobre a importância de nos conectarmos com a nossa verdade interior, nosso Eu superior ou consciência Divina A expansão de consciência começa quando nos damos conta de que somos seres multidimensionais.

Quando entendemos que o nosso aspecto humano é sim sagrado, devemos amar e cuidar de nosso corpo físico e de tudo o que diz respeito à ele, mas também que somos mais do que corpo/mente/emoções.

Temos além do físico, nossos corpos astrais e unificando todos esses aspectos de nosso ser, temos o nosso Eu superior que é a nossa centelha divina, a verdadeira expressão de Deus em nós.

Sim! A expressão de Deus ou Universo, como você se sinta mais confortável em chamar, o que importa é que você tenha a compreensão de que a Fonte primordial da criação está conectada à você. Quando Jesus nos disse: Eu e o pai somos um  é sobre isso que Ele nos ensinava, nós em consciência Crística (Eu superior) e o pai somos um!

Portanto, mais do que qualquer coisa, precisamos desenvolver a capacidade de nos conectarmos com essa consciência mais expandida de nós mesmos. Quando compartilhamos com vocês aqui no canal canalizações e ensinamentos, como foi o caso da canalização Arcturiana de ontem, estamos na verdade, exemplificando para todos vocês o quanto é possível e natural fazer essa conexão com nossos nossos irmãos galácticos, com nossa família de alma, com nossos mentores espirituais à partir de uma comunicação entre a nossa consciência superior e as consciências que vibram em dimensões mais elevadas. 

Fazemos essa conexão para lidar de forma mais equilibrada e sábia com os desafios que a materialidade nos apresenta. Isso é bem importante de entendermos, a prática da espiritualidade não é uma fuga, pelo contrário, a verdadeira espiritualidade nos ensina justamente a nos conectarmos com estes nossos aspectos mais elevados, para que assim, possamos obter insights de como agir melhor no aqui e no agora!

Para ficar mais claro, vamos usar como exemplo o último vídeo que postamos lá em nossa plataforma Luz Play@,

lá no vídeo propusemos uma importante reflexão sobre quais aspectos e elementos da realidade atual está tentando nos levar a repetir as mesmas escolhas equivocadas que culminaram nas dores do que já vivenciamos no passado como humanidade. Então através de um estudo minucioso estamos trazendo para a Luz de nossas consciências fatos que foram e continuam sendo ocultos de nós, para que assim, sem perceber sejamos reincidentes no erro. Bem, à primeira vista alguns podem pensar: “ Mas eu não quero ver isso, não quero saber do que já aconteceu” “ Isso é negativo, quero co-criar apenas o melhor” porém essa é uma ideia limitada do que é o poder da co-criação, porque? 

Vamos imaginar que na sua casa haja um porão, por anos e anos, muita sujeira e bagunça foi jogada lá, quando você era criança seus pais lhe diziam: não abra a porta do porão, está tudo sujo e bagunçado lá embaixo e é perigoso você ir lá, você pode se machucar e você obedeceu, os anos se passaram e por vezes você até imaginou o que poderia haver lá embaixo, mas não deu muita importância e seguiu a sua vida, desfrutando de outras áreas de sua casa que eram agradáveis e acolhedoras. Acontece que um dia, seus pais resolvem se mudar para uma outra casa, um lugar mais tranquilo, longe da agitação da cidade. Então, você já adulto agora é o novo proprietário dessa casa e passado algum tempo, naturalmente você começa a querer dar outra cara para o imóvel, expandir alguma área já construída ou até mesmo fazer um outro ambiente que seja útil para você. E eis que você se lembra do porão, afinal você vai precisar desconstruí-lo para seguir adiante em seu projeto. Quando você abre a porta eis que você fica impactado com tanta bagunça, com tantas coisas que já poderiam ter sido reformadas e outras até jogadas fora e então, você conclui que há um grande trabalho pela frente. 

Não vai adiantar você co-criar um novo cenário, sem que antes você limpe o que ficou lá oculto por anos, afinal, você poderia até reformar toda a casa, mas sem abrir a porta do porão e tirar para fora tudo o que há lá dentro, para então selecionar o vai ser descartado e o que ainda pode ser limpo e reformado, o porão ainda iria permanecer lá, ou seja, seria uma nova velha casa, uma co-criação limitada!

 O que quero dizer amados é que de pouco adianta projetarmos um novo futuro como humanidade, sem antes examinarmos o passado, sem antes entendermos o que nos trouxe até a realidade a qual estamos vivendo atualmente e o principal entender quais foram as escolhas que fizemos como coletivo no passado e que não devem se repetir se queremos realmente um novo cenário, uma nova casa.

 E onde entra o Eu superior em toda essa história?! Bem como o próprio nome já diz ele é o nossa visão superior, a nossa porção Divina que tem uma percepção mais ampla de todo o cenário. Então é essa nossa consciência mais elevada que vai nos ajudar a descobrir o que nos serve e o que não nos serve mais na construção de uma nova realidade mais alinhada com nosso bem mais elevado. E como fazemos parte do Todo, são as escolhas que fazemos individualmente que criam o cenário coletivo.

Então quando nos dispomos a olhar para os nossos porões e para os porões que compartilhamos como um coletivo humano, temos a possibilidade de fazermos melhores perguntas para o nosso Eu superior, nos libertamos dos condicionamentos e das ilusões que construímos, quando imaginávamos o que tinha no porão e passamos a ser ativamente os donos de nosso próprio destino!

O Eu Superior é uma extensão de você mesmo, a fractal de você que é uma fractal Fonte, é o seu o poder superior que vem diretamente da fonte universal da criação!

E é esta energia que nos liga a tudo e a todos. Como dissemos na abertura do curso Descubra sua origem cósmica, estamos todos interconectados por meio dessa energia, que vem da Fonte e que é compartilhada e forma a infinita rede de informações que constrói, destrói e reconstrói tudo o que há!  E como esta energia universal – esta consciência superior – está contida dentro de cada um de nós, podemos usar o Eu Superior para acessar esta sabedoria universal e o conhecimento para sabermos no aqui e no agora, quais passos estamos dando rumo à nossa jornada de evolução e expansão.

E para que possamos dar passos firmes, seguros de que iremos chegar ao destino que estamos co criando, precisamos de equilíbrio, não é verdade?!

É o equilíbrio que nos mantém de pé! Na mitologia grega, há uma cena em que Dédalo e seu filho Ícaro se veem presos pelo rei Minos em um labirinto, que eles mesmos haviam construído, para que o rei pudesse aprisionar o Minotauro, um monstro com corpo de homem e cabeça de touro. Após o Minotauro ter sido morto por Teseu, eles foram colocados ali. Na tentativa de fugir desse labirinto, Dédalo construiu asas a partir de cera de mel de abelhas e penas de gaivota, para que ele e seu filho pudessem sair dali. Antes de saírem voando, Dédalo diz a Ícaro que não voe muito alto para que o calor do sol não derreta a cera que prende suas asas e, também, que não voe muito baixo, para que a umidade do mar não pese sobre elas e as faça emperrar. O fato é que Ícaro se empolga com o voo, aproxima-se do sol e morre ao cair no mar Egeu. Essa história triste nos faz pensar na sabedoria de se adotar o que Buda chamou de caminho do meio.

Amados, como nos dizem nossos irmãos que vibram em frequências mais elevadas e que por esse motivo, apenas através de nosso Eu superior é que encontram a similaridade vibracional necessária para se comunicar conosco, estamos em momento decisivos. Como espíritos não somos mais infantis à ponto de sucumbirmos ao medo de descobrir o que está oculto. Somos velhas almas e todo o cosmos anseia por nossas boas e sábias escolhas. Os Arcturianos, Os Pleiadianos, Os Sirianos e todos os seres que estão alinhados com a consciência Crística, nos apoiam e nos encorajam para que possamos continuar no trabalho de nossa auto expansão. Eles não farão a parte que nos cabe na reconstrução, porque ao contrário daqueles que pretendem nos manter aprisionados, eles reconhecem a nossa divindade, respeitam o nosso livre arbítrio e nos estimulam a nos alinharmos à nossa consciência Crística. Eles não temem que aprendamos a nos tornar mestres de nós mesmos, e exatamente por isso, que eles nos estimulam a buscarmos nossas próprias respostas. Porque o intuito deles não é nos controlar!

Ao se conectar com o Eu Superior, você pode descobrir quem você é, em que caminho deve seguir e para onde deve ir. E humildemente amados podemos dizer que é isso que ensinamos em todos os nossos cursos, que nada mais são do que ferramentas que nós mesmos usamos para nos conectarmos com a nossa sabedoria divina. Nossos treinamentos tem por único objetivo auxiliar você a se conectar com o seu Eu superior e assim, encontrar as suas próprias respostas!

as ferramentas que desenvolvemos também fornece aos nossos alunos, exercícios experienciais e técnicas que facilitam essa comunicação mais elevada!

A jornada de cada pessoa é única, individual e intransferível, aprender como se conectar com o seu Eu Superior liberta você dos condicionamentos de sempre procurar fora as respostas que tanto busca! 

Conheça nossos cursos em vídeo aulas aqui: https://cursoseadluzdasestrelas.com.br/todos-os-cursos/

Ao compartilhar por favor mantenha os Créditos do Autor. Isso é Ético, da credibilidade a você e evita que a mensagem seja distorcida.

Gratidão – Equipe Luz das Estrelas

https://luzdasestrelas.com.br/

Compartilhar: