O ANO 2143

Ative as notificações para receber nossas mensagens. Clique no sininho ao lado da postagem.

Em que ano estamos? 2016, você provavelmente responderá. Mas, e se eu te dizer que também estamos no ano 2143, o ano do Macaco de Fogo? Pois é, esta é a contagem de acordo com o ano novo tibetano. Em fevereiro do nosso calendário teve início um ano novo para os budistas tibetanos.

Baseado no calendário lunar, diferente dos países ocidentais que seguem o calendário solar, as celebrações do Losar (que significa “a chegada do Ano Novo”) iniciaram no dia 9 de fevereiro e tiveram a duração de 15 dias. A cada ano ela acontece em uma data diferente, mas sempre coincidindo com a chegada da lua nova, que por si só já representa a renovação.

As celebrações geralmente são iniciadas no fim do ano anterior e continuam durante a entrada do novo ano. As primeiras são feitas com o intuito de purificar e de deixar no ano corrente todas as energias negativas que possam ter sido acumuladas. Também visam a preparação do espírito para o novo ano que se inicia. As celebrações recorrentes dão as boas-vindas e festejam a chegada de mais um ciclo.

 

Os budistas tibetanos acreditam que todas as ações, sejam elas positivas ou negativas, têm um peso muito maior neste período e, por isso, intensificam a peregrinação entre os templos e também aumentam a quantidade de rituais e sagrados que fazem aos deuses. É época de renovação e de refazer os pedidos e metas para o próximo período. Todas as ações são multiplicadas em cerca de 100 milhões de vezes, segundo a crença tibetana.

O período de comemoração do Losar é visto também como dias de purificação de almas. Os budistas tibetanos fazem oferendas dos mais diversos tipos: preces, luzes, incensos, flores e até mesmo doações em dinheiro. Elas visam a promoção de sentimentos puros como generosidade, companheirismo, paz, compaixão e até mesmo a integração entre as pessoas.

É também a época em que são renovadas as bandeiras de oração comumente vistas em templos e casas dos budistas tibetanos. Também conhecidas como “cavalos de vento”, as bandeiras carregam os pensamentos, intenções e pedidos dos fiéis. As do ano anterior já foram levadas para longe com todo o vento que passou por elas durante o período.

Texto escrito por Roberta Lopes da Equipe Eu Sem Fronteiras.

 

Você poderá gostar de: AROMATERAPIA  

Um estudo on line, teórico-prático sobre Aromaterapia , Óleos essenciais e suas diversas aplicações. Este curso é indicado para todos que desejam se beneficiar de uma forma mais ampla das terapias naturais, bem como para profissionais da área de saúde integrativa e ainda para quem deseja ter um negócio lucrativo de cosméticos naturais, sem grandes investimentos e no conforto de seu lar.

Ao adquirir nosso curso, você vai obter o conhecimento para promover o bem estar, a saúde e a consciência ambiental para si mesmo, amigos e clientes, com embasamento sólido dos conceitos e práticas da Aromaterapia. Não é necessário possuir conhecimento prévio, apenas vontade de, por exemplo, parar de consumir e alimentar a indústria bilionária de produtos tóxicos, sem falar na indústria farmacêutica!

Clique aqui para Ler Mais.

 

ALMAS DA LUZ.

 

Compartilhem essa mensagem isso pode Salvar Vidas e Resgatar Almas.

Gratidão Luz Das Estrelas.

https://luzdasestrelas.com.br

 

CURSOS EAD LUZ DAS ESTRELAS

CONTRIBUA COM O NOSSO TRABALHO

 

Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *