NÓS, AS MADALENAS, DESEJAMOS FALAR NESTE MAIS GLORIOSO AGORA DE CODIFICAÇÕES DA ASCENSÃO

 

Através de Galaxygirl
18 de Novembro de 2018

Nós, as Madalenas, desejamos falar neste mais glorioso Agora das codificações da ascensão. Pois nós vemos que as codificações estão todas em suas formas neste mais precioso Agora dos Agoras!

Vemos códigos e espirais de luz, de energia da Fonte, de seus amigos galácticos e vizinhos permeando seu mundo com luz. Nós, as Madalenas, sustentamos a luz. Nós servimos à Grande Mãe de Todas as Coisas. Na preciosa e silenciosa quietude, quando vocês bem tranquilos, podem ouvir seu sagrado sussurro de paz.

Mas essa paz deve ser buscada através da cacofonia de sons e pressões internas e demandas do seu mundo moderno. Tal como foi nos nossos dias. Há sempre algo para encontrar distração, mas esse não é o caminho de um iniciado corajoso.

Os iniciados mais corajosos enfrentam sua cacofonia interior de distrações para ver o que está em espera debaixo da distração, que está precisando de amor próprio e cura. Pois todos nós temos nossas feridas internas e há uma infinidade de maneiras de encontrar reprovação ao enfrentá-las. Mas este não é o caminho de um verdadeiro iniciado do Caminho, e vemos que muitos de vocês que estão lendo estas palavras têm inúmeros atributos familiares.

Vemos muitas centelhas de alma ouvindo essas mensagens, pois nossas codificações dessas palavras devem abençoá-los e impulsionar nossos iniciados para mais perto, para mais perto da luz, para a Grande Mãe de Todas as Coisas, que ama com um amor feroz, mas que é tão suave quanto as asas de uma borboleta recém-nascida, cujas asas, tenras e molhadas com o nascimento, tremem levemente com a brisa.

Ela é tudo. Ela é a grande Mãe, a grande doadora da vida, e nós a honramos em todas as coisas, em todos os nossos caminhos, como foi nossa grande promessa sagrada.

E assim iniciados do Caminho da Mãe Divina, nós os vemos. Sopramos nosso perfume das rosas sagradas da respiração da mãe em vocês e os convidamos a permitir que nossos aromas de perfumes condimentados, e bálsamos de cura penetrem em suas feridas grandes e muito reais e as impregnem de luz.

Permitam a luz em si mesmos, a tal ponto que não haja mais nada. Que não haja repouso para as trevas, pois a luz revela todas as coisas. E, meus amigos sim, verdadeiramente do nosso ponto de vista vocês estão no centro da onda. O flash, a inspiração e a expiração da Mãe estão em pleno vigor neste momento. Do nosso ponto de vista, vemos isso.

Vemos grandes agitações da escuridão se elevarem e serem reivindicados pela luz por seus poderosos atos de transmutação misericordiosa. Nem tudo é o que parece. A peça está terminando. O público está aplaudindo. Nós lhes enviamos elogios, louvores, nossas mãos a serviço de sua cura através deste mais árduo ato final deste jogo de paixão, onde a Grande Mãe de Todas as Coisas chama seus filhos – todos eles – de volta à luz de sua misericórdia.

Nós, Madalenas, estamos chorando agora. Nós choramos tantas vezes ao longo de nossas vidas! Mas agora nossas lágrimas ao vê-los onde vocês estão neste momento mais sagrado agora – nós os vemos como heróis da fé. Pois muitos de vocês são como nós, em espírito ou na intenção, pois vocês estão terminando o que começamos há milhares de anos, parece, mas foi realmente apenas uma respiração de um momento atrás. Pois vocês são seres eternos da grande luz da Fonte.

Vocês são poderosos seres de luz, amontoados na mais densa das formas, imbuídos dos direitos divinos da criação. Vocês percebem? Vocês percebem o quanto esta vida é fugaz? Seus problemas? Vocês vêem que tudo é luz? Vemos isso de nossos pontos de vista ao longo do tempo e do espaço, onde vemos como os adeptos dobram o tempo e movem o espaço sem esforço.

Esse é um universo holográfico. Há muito a aprender. Há muito a explorar e aproveitar! Verdadeiramente nós vemos Avalon em seu futuro não muito distante. Vocês a chamarão de Nova Terra. Ela será resplandecente em sua grandeza, em sua generosidade misericordiosa e repouso tranqüilo. Não haverá romanos metafóricos dos quais fugir. Suas cestas de colheita não serão arremessadas. Os fogos estarão nas lareiras, crepitando suavemente com os sons da paz, somente a paz.

E assim, nós, as Madalenas, agora os convidamos para uma das nossas reuniões sagradas, se vocês quiserem se juntar a nós. Sentimos o anseio de muitos, não apenas desta, de ingressar novamente às nossas multidões de camaradagem e devoção emotiva com a Grande Mãe.

Vocês estão no centro de um grande círculo de pedras sagradas. A grama é orvalhada e fresca sob seus pés nus. O luar está diretamente acima da cabeça e a noite é agradável e convidativa. Nós dançamos. Nós cantamos ao luar, dançando em círculos, rodando, girando as energias da Grande Mãe sob nossos pés e o Pai Celestial acima, nossos longos cabelos ondulando na brisa, nus, livres.

Somos livres, enquanto dançamos as preocupações do mundo ao redor, cantando louvores e alegria à Mãe de Todas as coisas, que nos criou e irá confortar nossas formas novamente, enquanto mais uma vez residimos nela, enquanto nos reunimos as nossas famílias celestes.

Nós aplicamos argila azul, a argila sagrada em nosso terceiro olho. Uma vez abertos, nós nos vemos cercadas pelas pessoas pequenas, as fadas, que dançam e cantam em uma bela expressão de unidade e serenidade.

Nós, as Madalenas, os convidamos a atrair esta dança feliz, este momento, de unidade profunda para dentro do espaço de seu coração, e para as partes mais feridas de sua psique que estão em necessidade – grande necessidade – da luz e inspiração e expiração da Mãe, e de luz. Ao girar e dançar vocês transmutam a dor destas feridas e as preenchem com amor e luz.

Nós somos as Madalenas. Nós os convidamos a entrar em nosso círculo íntimo sagrado. Você é um de nós. Apliquem a argila azul no seu terceiro olho diariamente. Dancem e cantem diariamente em seus corações. Pois todas as coisas boas estão vindo para vocês, pois a Mãe falou que assim seja!

E assim, nós falamos. Nós os vemos mais triunfantemente e lhes enviamos nossa alta estima. Sejam banhados em luz. Nós somos as Madalenas. Nós somos como vocês são.

Nós somos as Madalenas

Obrigado por Suas Contribuições\doações

Pra doar contribuir clique AQUI

 

Para doar contribuir doe
Compartilhe com Ética mantendo todos os créditos
Formatação – DE CORAÇÃO A CORAÇÃO 
https://www.decoracaoacoracao.blog.br/
https://lecocq.wordpress.com
https://sananda.website/mary-magdalene-via-galaxygirl-november-15th-2018/
Tradução: Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br
Grata Regina!
Compartilhar:

2 comentários em “NÓS, AS MADALENAS, DESEJAMOS FALAR NESTE MAIS GLORIOSO AGORA DE CODIFICAÇÕES DA ASCENSÃO”

  1. Quanto conteudo de qualidade encontrei aqui no site. Agradeço por compartilhar. Sucesso. abraço

Deixe um comentário