Pra quê serve a aromaterapia?

Você sabe como diferenciar um óleo essencial de uma essência, qual a diferença dos dois e mais como encontrar óleos puros e para quê eles realmente servem?
Então vamos lá! Vamos começar entendendo o que é de fato um óleo essencial, de acordo com a Associação Americana de Aromaterapia os óleos essenciais são “óleos voláteis, altamente concentrados, destilados de ervas aromáticas, flores e árvores e que contém propriedades semelhantes às dos hormônios e anti-sépticos naturais”.

Os óleos essenciais são produtos e subprodutos do metabolismo das plantas, são fitormônios que a planta produz em determinadas fases da vida. Contém centenas de substâncias químicas e princípios ativos. Você sabia que o óleo essencial é um super concentrado da planta e uma gota de óleo essencial de menta, por exemplo, equivale de 25 a 28 xícaras de chá de hortelã-verde?

Outro fator que acho importante de compartilhar com você, é que as propriedades farmacológicas que são atribuídas aos óleos essenciais são diversas e algumas são indicadas por apresentarem vantagens importantes, se forem comparadas a outros medicamentos.

A volatilidade, isto é a alta facilidade de uma substância passar do estado líquido ao estado de vapor ou gasoso e também o baixo peso molecular dos componentes do óleo essencial, possibilitam que ele seja rapidamente eliminado do organismo através das vias metabólicas, o que certamente é uma grande vantagem, quando falamos em saúde e em não intoxicar o nosso organismo não é verdade?!

Experimente esfregar o óleo essencial de alho nas solas dos pés, alguns minutos depois sinta o seu hálito, ele vai estar com um forte odor, como se você tivesse recém devorado um pratão de massa alho e óleo, se você quiser, pode fazer o teste e depois me conta aqui nos comentários como foi a sua experiência.

Isso acontece porque o óleo é facilmente absorvido pela nossa pele e suas estruturas são tão pequenas, que são capazes de penetrar na membrana das células e difundir os seus nutrientes pelos nossos tecidos e corrente sanguínea de forma muito rápida, ou seja, quando aplicamos um óleo essencial na pele, as propriedades dele já podem ser encontradas dentro do nosso sangue em média 2 minutos após o início da aplicação. E passados em torno de 20 minutos de aplicação ou inalação, todas as células do nosso corpo inteiro, já estarão sobre o efeito do óleo essencial.

Então se por acaso, você estiver com uma forte dor de cabeça e massagear uma gotinha de óleo essencial de hortelã pimenta, lavanda ou alecrim em cada têmpora, sentirá um grande alívio, coisa que se você recorrer a um comprimido de paracetamol por exemplo, vai demorar bem mais tempo, para fazer efeito.

Lembrando que, quem já adquiriu o nosso curso de aromaterapia, já sabe que devemos sempre, antes de passar o óleo essencial na pele, diluí-lo em óleo carreador, lá no curso também ensinamos as propriedades dos principais óleos vegetais, para você saber escolher o que melhor irá atender às suas necessidades, mas de uma maneira geral, indico aqui o de semente de uva que quase não tem cheiro e possui inúmeros benefícios.

Outro detalhe importante de ressaltar é que em comparação com os medicamentos, os óleos essenciais possuem uma estrutura química, muito semelhante à estrutura das nossas células e tecidos, isso significa que eles podem atuar no nosso corpo com o menor índice de rejeição possível.

Os medicamentos tradicionais, como são substâncias sintéticas, obviamente podem além de nos causar um efeito hepatotóxico, que é uma sobrecarga do fígado, trazem consigo uma série de efeitos colaterais que serão sentidos ao longo da vida.

A boa notícia é que os óleos essenciais podem nos auxiliar (e muito!) na prevenção, no alívio e no controle de diversas patologias, uma vez que, estimulam a produção de anticorpos, endorfina e outros hormônios e enzimas importantes para o bom funcionamento do nosso organismo.

E de bônus, podem nos trazer equilíbrio e agir na origem do problema, como por exemplo: aliviar o estresse, melhorar a circulação e equilibrar a nossa parte emocional.

Na realidade, muitos dos princípios ativos que são utilizados nos medicamentos convencionais que você compra nas farmácias, estão disponíveis de forma natural e não sintética nos óleos essenciais.
Uma dica que eu quero te dar é que os verdadeiros óleos essenciais, em sua grande maioria apresentam pouca ou nenhuma coloração, são insolúveis em água e relativamente solúveis em álcool.

Embora recebam esse nome de “óleo”, eles não têm exatamente a viscosidade e a coloração tradicionais que o termo nos leva a pensar.

As essências são totalmente diferentes, porque não vão muito além de um cheirinho gostoso, normalmente são elas que são utilizadas em difusores de ambiente, velas aromáticas, incensos e uma série de produtos que prometem trazer harmonia e bem estar, através de um bom aroma, mas não vão além disso.

No Brasil o termo essência normalmente se refere aos produtos sintéticos que imitam os aromas naturais. Por não possuir a complexidade de moléculas de um óleo essencial, normalmente o seu aroma é mais simples, digamos assim, são produtos artificiais. Elas imitam o aroma dos OEs, e não fazem nada mais. Não possuem benefícios terapêuticos!

E eu preciso salientar aqui que as essências sintéticas, não devem em hipótese alguma substituir os OEs em formulações terapêuticas, isso porque elas não terão o efeito esperado, podendo ainda causar problemas de irritação e alergia.

Mas Dafne como vou saber diferenciar uma da outra? A principal forma de diferenciá-las é pelo preço, os Óleos essenciais custam, em média, entre R$ 15,00 e R$ 100,00 – cada 10 ml – com raras exceções, como o óleo essencial de Rosas, que chega a custar R$ 500,00 cada 2 ml de produto, mas que pode ser facilmente substituído pelo OE de Gerânio, pois possuem propriedades terapêuticas muito semelhantes e o preço é bem mais acessível.

Para os óleos mais caros, grande parte das empresas já disponibiliza o produto em versões de 2 ml o que barateia o preço final e não deixa de ser interessante, se pensarmos no custo x benefício, porque apenas 1 gotinha de OE é muito, mas muito poderosa!

Então, um frasco de 10 ml vai te durar muiitas aplicações, uma vez que o óleo essencial, sempre deve ser diluído em um óleo carreador! As essências, por sua vez, possuem um valor mais baixo – cerca de R$10 cada 10 ml de produto.

No curso temos um capítulo inteiro dedicado à este tema, mas vou tentar aqui te passar as noções gerais para você saber, antes de sair para comprar seu óleo essencial!

O frasco de um óleo essencial, sempre deve ser de vidro escuro, normalmente tem a cor âmbar ou azul cobalto, isso porque se a embalagem for de plástico ou de cor clara, o óleo essencial facilmente vai evaporar todinho.

No rótulo da embalagem, abaixo do nome comercial do OE, sempre deve aparecer o nome botânico ou científico do produto. Além disso, é bom que o rótulo do produto tenha CNPJ da empresa, modo de usar e composição, por exemplo, o Óleo essencial de lavanda:

Nome científico: Lavandula Officinalis Composição: Lavandula officinalis flower oil, significa que o óleo foi extraído das flores da planta.

Caso você encontre na composição escrito: Lavandula officinalis flower oil e Mineral Oil, o produto entra na classificação de essência, pois é extremamente diluído em óleo mineral contendo assim, derivados de petróleo, sendo ineficaz para a utilização terapêutica.

E a última dica que vou compartilhar hoje e que acredito ser muito útil, pelo menos foi pra mim quando comecei no ramo de aromaterapeuta é que a quantidade de planta necessária para a produção de um OE, varia de espécie para espécie, e também é diversificado todo o trabalho de plantio de cada uma, sem falar nas formas de destilação.

Então, como cada OE tem um preço, ao chegar em lugar para comprar seu óleo essencial e reparar que todos os aromas estão com o mesmo preço, desconfie!

Se você, assim como eu, também se interessa por este rico universo da fitoterapia e deseja se aprofundar no assunto, para ter mais conhecimento e poder de fato se beneficiar desta poderosa terapia natural, clique aqui para você acessar mais informações.

Gratidão em Amor, Luz e Serviço Dafne Lima e Equipe Luz Das Estrelas.

ALMAS DA LUZ.

Compartilhem essa mensagem, essa simples atitude pode Salvar vidas e resgatar Almas.

Gratidão Luz Das Estrelas.

https://luzdasestrelas.com.br

CURSOS EAD LUZ DAS ESTRELAS

Compartilhar:

Deixe um comentário