Livre-se das armadilhas espirituais!

Você pode ouvir essa mensagem Narrada Aqui.

Amada Centelha Divina, entenda que antes de você tentar mudar algo em você ou em sua realidade, primeiro você precisa aceitar a existência de sua insatisfação.

Seja um sentimento, uma mania, algo em sua rotina que não lhe agrada, seja o que quer que seja, se você anseia pela mudança, antes de tudo, aceite que isso existe e está tudo bem!

A negação, a crítica ou a condenação, só servem para reprimir algo que ainda está lá ou aí no seu mundo interno.

Reprimir o que já existe, torna o incômodo cada vez mais latente e na intenção de esconder de si mesmo e dos outros, algo que é real e condizente com o seu atual nível de consciência ou atual momento de vida,  é o mesmo que segurar, apertando com as mãos, um carvão em brasa, com a intenção de atirá-lo para bem longe; mas na realidade o que acontece é que você sempre acaba se queimando.

Quando você decidir abandonar a ideia do perfeccionismo e aceitar que o processo de evolução é um processo contínuo, você aceita que está tudo bem em admitir que você é suscetível à erros e que muitas coisas, às vezes, a a sua volta, podem não sair conforme o planejado, ao menos por enquanto. 

E a partir da aceitação desse fato, você começa a se tornar capaz de observar onde está errando e onde está o erro.

Quais são os gatilhos que lhe induzem ao engano? Que ilusões você ainda tem medo de soltar?

Quando você assume e aceita a parte que lhe cabe, você consegue pouco a pouco, promover a mudança de suas atitudes e principalmente, de suas reações diante do que está sendo lhe apresentado.

Outro ponto que merece a sua observação, são os julgamentos e os rótulos “espirituais” que se tornam uma verdadeira armadilha para quem deseja evoluir genuinamente.

Por exemplo, quando você tenta reprimir todas as emoções que o seu ego rotula como “não-espirituais”, isso faz com que você artificialmente, se eleve, mas de forma superficial e suas emoções e traços “espirituais” como compaixão, bondade e um estado de paz perpétua, camuflam o seu verdadeiro estágio de evolução.

Quanto mais você acreditar que não olhar para as suas sombras e fazer o que manda o figurino, poderá substituir o trabalho de autoconhecimento e auto-observação , quanto maior for o seu esforço para aparentar algo que ainda não é natural em sua persona terrestre, quanto mais vezes você negar o que precisa olhar de frente e que precisa ser aceito, acolhido, elaborado e pouco a pouco transformado, mais você irá se distanciar de sua semente estelar, de sua verdadeira essência que mora na simplicidade das coisas, mora na aceitação de que tudo tem um tempo para amadurecer, florescer e dar frutos.

Sim, existem ferramentas eficazes e técnicas que irão lhe auxiliar, lhe conduzir e lhe apoiar para que tudo se torne mais claro, menos sofrido e para que haja a dissolução de bloqueios existentes, tanto nos planos etéricos, como no inconsciente.

Porém, ainda assim, você vai precisar fazer a parte que lhe cabe, porque todos esses maravilhosos mecanismos, lhe abrem portas, mas quem precisa entrar e explorar as novas realidades que se apresentam é você!

A negação e a repressão do que é exposto, à medida que você avança no processo de evolução, prende a sua mente em um limbo metafísico, forçando você, por exemplo, a adotar um hábito de gentileza exagerada e bondade superficiais.

E isso pode levar o seu avatar à dissimulação de comportamentos e ao distanciamento do progresso.

Então, aceite que é no equilíbrio que você irá encontrar o que é espontâneo em você e é, na espontaneidade que você conseguirá identificar o que é essencial modificar e o que ainda é preciso manter, para que você continue avançando! 

De nada adianta, abandonar um personagem social e passar a viver um personagem espiritual.

Veja amada Centelha Divina, se lá no seu íntimo, o seu avatar se julgar superior aos outros, por ter optado seguir, mesmo que sofridamente, uma dieta vegetariana, por abrir mão de assistir tv, se dedicar a praticar yoga, a fazer meditação, enfim, se lá no seu íntimo, tudo isso forem apenas artifícios usados, para satisfazer a sua vontade de se sentir superior ao senso comum, amorosamente lhe dizemos, você caiu na armadilha do escape espiritual.

A nossa sugestão amorosa de hoje é que você não faça nada, que não tenha um real sentido para você, porque não há um script à seguir, à menos que você esteja tentando se encaixar em algum papel pré-estabelecido, do tipo: “ todas as pessoas que são desenvolvidas espiritualmente, se comportam assim ou assado”, isso é condicionamento.

O ego sem direcionamento da consciência, sempre irá tentar se adequar as suas escolhas e justificá-las, de forma que permaneça no controle e a única forma de se desvencilhar disso,  é aceitar a sua condição humana e observar a si mesmo, com amorosidade e entendimento de que tudo faz parte do processo, inclusive a sua responsabilidade de educar o seu ego e torna-lo pouco à pouco o seu melhor aliado.

Reprimir o que não lhe agrada, fortalece ainda mais a predominância do ego em seu inconsciente, por isso, aceitar que a vontade de fuga, pode estar se manifestando em você é o primeiro passo para jogar Luz nos aspectos mais obscuros da inconsciência e assim, transformá-los.                                                                      

A sua essência é Divina, mas no aqui e no agora, com a mente ainda com forte influência da terceira dimensão, você ainda é um ser humano nato e tentar transcender forçosamente, este momentâneo estágio de seu ser, só vai servir para lhe afastar cada vez mais, do seu verdadeiro objetivo que é expandir a sua consciência e amadurecer as suas virtudes.

É difícil para a mente racional, admitir que a sua persona terrestre, está muito longe da perfeição, que nossas escolhas não nos fazem superiores aos outros e que o crescimento e o aprendizado, são processos que nunca terminam.

Contudo, quando você aceita essa verdade, você fortalece a vontade de sua consciência Divina que é o seu constante progresso!

As armadilhas espirituais se escondem, quando seu ego usa as práticas espirituais ou crenças de idolatria, para evitar o confronto com sentimentos desconfortáveis, feridas não resolvidas e necessidades emocionais e psicológicas fundamentais não atendidas.

Vigiar e orar, tem uma relação direta com a superação desta armadilha do ego. Se manter atento aos caminhos que a sua mente te leva enquanto divaga, é escolher de forma consciente, se desidentificar das ilusões do mundo e usar o seu coração, como seu guia.

 Ame o seu corpo que é um instrumento maravilhoso para permitir que a sua missão seja cumprida. Cuide bem de si em primeiro lugar, para poder oferecer ao mundo o que há de bom e transbordante em você, cuide do seu bem-estar, para ter saúde e discernimento e assim, conseguir cooperar com a sua própria evolução e com o progresso do mundo ao seu redor.

Se beneficie dos estudos, técnicas, terapias, do auxílio dos Seres mais elevados, dos ensinamentos e mediação poderosa do nosso amado mestre Jesus, para lhe apoiar em seu processo de lapidação interna, mas faça tudo isso de forma consciente e só faça, se verdadeiramente, cada uma dessas opções fizer algum real sentido para você!

A escolha é sempre sua amada Consciência Cósmica e está tudo bem! Todos estamos no processo de aprendizado, por isso, um Viva ao refinamento da nossa espiritualidade coletiva!

Se você gosta de nossos conteúdos e deseja se aprofundar em nosso trabalho, Clique no link de nossa virtual: https://luzdasestrelas.com.br/loja-virtual/ e confira nossa agenda de cursos ou faça o agendamento de uma sessão de terapia vibracional.

Bom Dia Luzes Estelares! Gratidão Equipe Luz Das Estrelas.    

https://luzdasestrelas.com.br

Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *