AS SETE DIREÇÕES GALÁCTICAS DA CASA DA LUZ A CASA DA TERRA

Inicio a transmissão de hoje, expressando toda a minha gratidão e reconhecimento à todos aqueles que se uniram à nós, nesses últimos 3 dias de meditação. 

Foi algo realmente incrível a energia que conseguimos movimentar e as experiências sentidas durante a meditação, foram sem dúvida maravilhosas! vamos lembrar que as meditações são atemporais, por isso, se você se sentir guiado, repita quantas vezes quiser, no horário que melhor funcionar para você! 

O link da meditação vou deixar aqui abaixo nas descrições do vídeo.

Nossos ancestrais Maias faziam essa oração sempre ao acordar e também, antes de cerimônias importantes como foi o caso do dia 25 de julho, o dia fora do tempo. ESTA ORAÇÃO É REALMENTE MUITO PODEROSA e pode ser usada diariamente.

Quando você for recitar esta oração, intencione se conectar com o espaço em seu coração onde a gratidão é abundante, tente se lembrar de todas as experiências que você viveu ou vive atualmente e que pode sentir verdadeira gratidão. É nessa conexão que você faz à partir da energia de seu coração que reside o poder dessa prece.

A oração tem esse nome, porque os maias reconhecem sete direções que são: leste, norte, oeste, sul, acima, abaixo e centro (nessa ordem). Cada direção é simbolizada por uma cor e/ou elemento. Cada direção tem uma bênção para doar. E ao fazer esta oração, você está exercitando simultaneamente, a sua automestria e a sua humildade, que é essencial para que não haja interferência do ego em sua busca espiritual, ou seja, a oração é um PEDIDO DE PERMISSÃO para acessar os presentes que virão voluntariamente para você!

Pedir permissão é um sinal muito importante de respeito na tradição maia, assim como para outras populações ancestrais indígenas, que buscam por exemplo, a permissão da terra antes de arar o solo; do milho antes de colhê-lo; da água antes de nadar ou tomar banho.

Essa é uma das várias maneiras de exercer o respeito à divindade que habita o Todo.

Na oração das sete direções galácticas pedimos permissão à: 

Primeira direção – Do leste, Casa da Luz, pedimos que a Sabedoria seja derramada sobre nós. Pedimos que as informações e conhecimentos das esferas mais elevadas da consciência entre em nossas vidas para que possamos ver todas as coisas com clareza.

O leste é vermelho, simboliza o fogo, o sol nascente e a gratidão pela oportunidade de recomeçar a cada dia.

A segunda direção – Do Norte, Casa da Noite- pedimos que a sabedoria amadureça em nós. Isso significa que queremos que essas informações ou conhecimentos, se tornem uma parte de nós mesmos em nós, para que possamos agir através de nós mesmos, do nosso coração.Pedimos também para que possamos conhecer tudo de dentro de nós.

O norte é branco, simboliza a água. É reconhecida como a direção das chuvas e há gratidão pelo reabastecimento da água e pelos aspectos de nutrição, cuidado e proteção. 

O norte também representa a Estrela Polar, que é reconhecida como o centro sagrado da quietude ou tai chi.

A terceira direção – Do oeste, Casa da Transformação

Pedimos que a sabedoria seja transformada em ações justas. Então, podemos fazer o que deve ser feito em benefício do Todo.

O oeste é preto, simboliza o ar.  É nessa direção que o vento sopra ao pôr do sol. A gratidão é dada pelos ventos que trazem insights quando meditamos ou dormimos.

A quarta direção – Do sul, Casa do Sol Eterno

Pedimos que ações justas, dêem colheita para que possamos desfrutar dos “frutos da vida planetária”. Somente nossas ações para o bem do mundo circundante podem nos dar bens terrestres, isto é, materiais. Todas as outras formas de obter riqueza material não são espirituais, isso explica a importância de se fazer aquilo que se ama, à partir de seus dons e talentos, de sua verdade de alma de forma a impactar positivamente a vida de outras pessoas. Isso é uma ação justa, onde não há mal algum em cobrar uma quantia justa por seu trabalho, desde que este esteja sendo feito com verdadeiro amor e entrega.

O sul é amarelo, simboliza a terra. O sul traz abundância, fertilidade, o milho, é a mãe terra, Gaia, é a direção mais importante para os maias.

De cima, Casa do Céu

Simboliza nossos irmãos das estrelas e nossos Ancestrais

Pedimos que suas bênçãos venham até nós agora!

De Baixo, Casa da Terra

Pedimos que o batimento cardíaco de seu núcleo de cristal, nos com harmonia para pôr fim a toda e qualquer forma de disputa ou comparação.

Ambas as direções (acima e abaixo) envolvem a conexão com o Todo. A cor acima é azul e abaixo é verde. Quando você fizer a oração, você pode imaginar um raio de luz azul brilhando do céu e indo em direção ao centro do seu coração. E da terra, uma Luz verde, subindo através de seus pés, até o seu coração. Sinta essas energias se fundirem dentro do seu coração e sinta-se conectado, em alinhamento com o acima e abaixo, sinta a gratidão de ser parte de um Todo, uma fractal da Fonte que tudo É!

E por fim a sétima direção que é Do centro, a fonte galáctica, que está em toda parte ao mesmo tempo!

Pedimos que tudo seja conhecido e reconhecido como a luz do amor mútuo

A cor do centro é turquesa, a mistura de azul e verde, do acima e abaixo, o centro!

Muitos chegam ao caminho através de uma busca de respostas prontas para resolver os seus problemas. Essa é realmente a maneira mais comum de muitas pessoas entrarem no caminho espiritual. Mas isso é bem no começo! Depois de algum tempo, a pessoa que desperta, começa a entender que a vida na Terra é uma academia de desenvolvimento evolutivo e expansão da consciência e tendo percebido isso, o próximo passo é estabelecer o objetivo mais alto para si mesma, buscar um verdadeiro alinhamento com a sua verdade de alma e propósito de vida!

É a partir daí que a jornada inicia, porque nessa busca quanto mais aprendemos, descobrimos e relembramos, mais nos damos conta de que a experiência do ser é algo infinito e ilimitado. E fundamentado nesse entendimento, percebemos que dois aspectos devem sempre nos acompanhar : 1- A aceitação de que somos os co-criadores de nossa realidade, assumindo a responsabilidade de sermos os condutores de nossas vidas e 2- O respeito à todas as formas de vida, que vem acompanhado da humildade em reconhecer que o mesmo Deus que habita em mim, habita em você e, em toda a Criação! 

MEDITAÇÃO EM UNIDADE COM A FONTE A ABERTURA DE UMA NOVA LINHA DE TEMPO 

Gratidão Equipe Luz das Estrelas.

https://luzdasestrelas.com.br/

Compartilhar: