A LIBERDADE PARA TODOS OS HABITANTES DA TERRA

Amados, se manter consciente dentro do atual cenário coletivo ao qual estamos experienciando, não é tarefa fácil, mas entender que o que está acontecendo fora de você, não significa necessariamente que é o mesmo que precisa estar acontecendo dentro de você, ter empatia e compaixão pelo próximo, não significa que para ajudar alguém, você precisa sentir a dor do outro e ser atraído para a turbulência do mundo exterior. 

Se você quer se ajudar e ajudar o seu próximo, se liberte do colapso que está acontecendo fora de você, observe a dissonância entre a frequência que permeia a “histeria” coletiva e a paz que habita dentro de você. Se conecte com essa paz, tantas vezes quanto forem necessárias durante o seu dia. E ao final de cada dia, inspire na intenção de oxigenar sua estruturas celulares e reativar a sua paz interior, lembre-se de como é bom estar em paz consigo mesmo e sinta a paz tomar conta de todo o seu ser, expelindo o ar devagar, com a intenção clara de soltar toda a tensão acumulada durante o dia. Acolha a sua alegria genuína de estar vivo, lúcido e capaz de acessar as infinitas possibilidades de ser ainda mais consciente dia após dia!

Sobre os eventos cotidianos que não lhe agregam valor, relevar e neutralizar toda e qualquer forma de interação externa que visivelmente, pode vir a lhe causar algum transtorno e possivelmente, perda de foco. Quando outras pessoas tentarem atrair você para o caos delas, envie a essas pessoas compaixão. Ore por elas. Lembre-se de que você já esteve onde elas estão agora, por isso, não leve nada para o lado pessoal.

A boca só fala aquilo que o coração está cheio, então, envie Amor para o coração dessas pessoas, essa é a energia mais curadora de todo o cosmos e isso é o melhor que você pode fazer para se ajudar e ajudar as outras pessoas.

Nesse atual momento em que estamos vivendo como humanidade, não podemos adicionar ainda mais densidade na mistura de energias que estão emanando do coletivo, se envolver no drama do outro é necessidade do ego e não de sua alma.

Como disse nosso mestre Jesus, podemos estar no mundo, mas não precisamos ser do mundo! 

Amados, podemos curar o mundo, estando no mundo e não se identificando com ele! Todas as vezes que somos gentis, alegres e amorosos, todas as vezes que nos colocamos com um canal para receber energia e inspiração das esferas mais elevadas da Luz, estamos criando coletivamente uma onda silenciosa, porém poderosa, de mudança que beneficia a todos os nossos irmãos. 

Ser solidário também é perguntar : “o que eu posso fazer para ajudar?” E dentro de suas possibilidades, agir, contudo, se envolver emocionalmente na dor externa, ao invés de auxiliar, atrasa o processo de cura, tanto o seu, como o de quem você pretende ajudar!

A tristeza tem sede de companhia e o desespero é um vírus que vive na mente e no coração daqueles que escolheram se identificar com a ilusão.

Há nesse momento muitas pessoas ao redor do mundo gritando e pessoas próximas tentando nos puxar de alguma forma, para a visão de desesperança e tristezas que levam em seus corações, alguns estão munidos de “fatos, acusações e previsões”, todos baseados no medo e na raiva.

E o tempo é de ajudar a limpar toda essa densidade e não o contrário! Você pode ser solidário, ter compaixão, pensar no próximo, mas você pode fazer tudo isso agindo e criando simultaneamente, uma realidade muito mais gentil e amorosa de dentro para fora. 

Use o seu poder de cocriação!

A nossa energia e vitalidade está, onde o nosso foco está, portanto, foque em aumentar a força de sua vontade de avançar com o fluxo da ascensão, foque em dar e receber com gratidão e confiança. 

Quando algo tentar distrair a sua atenção para o caos, lembre-se que quanto mais você focar em se sentir conectado a Tudo o Que É, com a verdade, ao invés da ilusão, quanto mais você colocar a sua atenção, nas coisas boas que você tem para expressar para si mesmo e consequentemente para o coletivo, maior será o seu auto reconhecimento de seu próprio valor Divino e, é esse estado de ser, sentir e pensar que vai ajudar você a dissolver toda a programação obsoleta e limitante ao qual você esteve exposto durante toda a vida.

Tomar a decisão de viver assim é honrar a sua própria capacidade de expandir e co criar a sua própria realidade, essa é uma ação oposta ao que fazem a maioria das pessoas que pretendem ser solidárias e que se perdem em suas própria dores, quando compram a dor do outro como verdade absoluta, quando se convencem de que a realidade é da forma como o outro vê e sente, se esquecendo que na verdade, cada um de nós é quem a cria, através de nossas crenças, pensamentos e emoções mais recorrentes.

Sentimentos de insegurança, auto-julgamento e julgamento dos outros, especialmente, daqueles que têm formas diferentes das suas de ver, viver e pensar sobre a vida, não fazem  parte de quem você realmente é em essência. Por isso, aprenda a permitir que esses sentimentos passem por você, como coisas que são efêmeras, porque realmente são, esses sentimentos passam e sempre podem mudar e melhorar. 

Não se identificar com as ondas de emoção negativa é essencial para que você consiga expressar para si mesmo e consequentemente, para os outros, dia após dia, a melhor versão de si mesmo, expressar mais de quem você realmente é, em essência!

Se concentre em viver sua própria vida da maneira que sente que é melhor viver e, da maneira que você se sente seguro e confiante para alçar novos vôos, neste mundo louco a  inspiração, a intuição e a sua comunicação clara com as dimensões mais elevadas, faz emanar de você a força vibracional de mudança que o mundo tanto necessita.

E se você vacilar e se distrair, tenha paciência consigo mesmo e com o seu processo, afinal de contas, estamos em plena transição pessoal e planetária e isso realmente é muito forte, muito poderoso e transformador. E como todo processo de transformação, esse também não é algo que podemos dizer que é fácil, embora seja completamente possível, se você assim decidir que vai ser!

Mudar o status de programação para a criação, significa se identificar e se entregar ao fluxo cósmico e universal que é abundante e,é para todos, focar seus pensamentos em direção à sua percepção da realidade preferida. É assim que nos tornamos solidários as nossas necessidades, ao que é essencial para cada um de nós e tomamos o nosso poder divino em nossas mãos, para poder assim, auxiliar também os que necessitam de ajuda. 

Agradecer o nível de consciência que você tem hoje e se alegrar sem culpa pelas pequenas e grandes conquistas que você alcançou, permite que o seu verdadeiro ser esteja na liderança de sua vida. Se identificar e se entregar ao fluxo da abundância e ascensão substitui a luta, a programação e a ilusão pela confiança, auto amor e bem-estar.

 Se dê permissão para ser feliz, saudável, confiante, próspero e pacífico mesmo quando lhe perguntarem: “ Como você consegue estar tão bem?” Talvez essa seja uma boa oportunidade de você amorosamente sorrir e contar o que te faz estar tão bem!

Mas lembre-se você não tem a necessidade de convencer a ninguém a acreditar no que você acredita. Você não precisa convencer a ninguém que você cria a sua realidade de dentro para fora! Somente faça isso e permita que sua vida funcione de maneiras que apoiem sempre o seu bem mais elevado!

Gratidão – Equipe Luz das Estrelas.

https://luzdasestrelas.com.br/

Compartilhar: