7 SINAIS DE QUE VOCÊ ESTÁ ESPIRITUALMENTE DOENTE

Quer receber nossas mensagens? Clique no sininho vermelhos e Ative as Notificações!

Conselhos para alerta.
Há muitos sinais de alerta para a saúde física das pessoas, e há muitos para a saúde espiritual das pessoas.
Muitas doenças vêm do não bem-estar espiritual de uma pessoa. E quando se trata de curá-las, a pessoa terá que trabalhar em sua saúde física e espiritual.

Aqui estão os sete sinais que indicam alguma doença espiritual:

Negatividade crônica e irritabilidade
Quando nos sentimos negativos com mais frequência do que o habitual, então definitivamente sofremos de alguma doença espiritual. Normalmente, nossa negatividade virá da falta de nosso poder pessoal.
Dadas as circunstâncias atuais, viver vidas significativas e alegres parece impossível. Embora nós gostaríamos de fazer algumas mudanças, elas parecem impossíveis de alcançar.
Normalmente, essa negatividade se tornará pior quando sentimos a pressão da sociedade. 
Evitar as fontes de tal negatividade, e mudar nossos pensamentos, pode ser o primeiro passo para retornar a nossa saúde.

Sintomas físicos
Muitas vezes, a doença espiritual pode se manifestar como um sintoma físico, como dor de cabeça, tensão muscular, fadiga e distúrbios estomacais. Procure a ajuda de um médico.
Mas, tornar-se muito mais consciente das necessidades físicas e emocionais e necessidades espirituais pode melhorar muito a situação.

Temos que ouvir nossos pensamentos e emoções e também nosso corpo. Devemos descansar quando nos sentimos cansados e comer quando estamos com muita fome, e estar conscientes de como nossos pensamentos nos afetam no físico.

Ansiedade e Medo
Esses dois são sinais bastante comuns de alguma doença espiritual. Se estivermos em harmonia com este mundo ou tivermos fé em nosso Universo, vamos nos sentir confiantes e seguros.
Quando sofremos de ansiedade e medo, isso significa que temos que trabalhar melhor nossas crenças.

Perda da Alma
Em torno de diferentes culturas, a doença é definida como a indicação de perda da alma. De fato, a perda da alma pode acontecer através de experiências traumáticas como perdas, guerra ou abuso.
Mas, a perda da alma pode ser o resultado de falta de autoaceitação ou sentimentos de inutilidade e vergonha. Normalmente, escondemos aquelas partes de nós que nossa cultura ou família não considera aceitáveis. Isso resultará na divisão de nós mesmos.
Nós temos que aceitar cada parte de nós mesmos, nos dando amor incondicional.

Remorso, Culpa e Vergonha
Às vezes, podemos sentir culpa e remorso por ações que prejudicaram outras pessoas. Temos que realmente nos perdoar e pedirmos perdão aos outros quando apropriado.
Quando finalmente fizemos tudo o que podíamos para corrigir cada erro, temos que liberá-los. Não somos perfeitos, então não devemos esperar viver sem cometer erros.

A culpa e a vergonha podem até vir do ambiente social ou da nossa criação. Quando nos sentimos envergonhados de nossos corpos, crenças ou comportamentos, podemos estar danificados espiritualmente e emocionalmente.

Culpa, Raiva e Ressentimento
Se constantemente culpamos outras pessoas por todas as circunstâncias em nossas vidas, nós realmente entregamos todo o poder que temos para empreender algumas mudanças. Se evitarmos aceitar a responsabilidade por nossas vidas, não poderemos agir para sermos completos.
Se experimentamos algumas coisas negativas em nossas vidas, as pessoas não devem nos culpar, mas sempre podemos escolher nossa resposta. Responder com raiva, ressentimento e culpa não vai manter nossa saúde emocional e espiritual.

Falta de Felicidade, e Melancolia
Nas sociedades ocidentais, a depressão atingiu uma proporção epidêmica. 
Quando as circunstâncias políticas, sociais ou econômicas estão nos forçando a viver vidas sem sentido, podemos facilmente começar a nos sentir melancólicos. Encontrar momentos diariamente para fazer coisas que nos trazem alegria pode ajudar a iniciar nossa jornada em direção a nossa saúde espiritual.

Tradução Vilma Capuano baseada em
https://consciousreminder.com/…/7-signs-that-you-are-spir…/…

Compartilhar:

Deixe um comentário