VERGONHA ESPIRITUAL, JULGAMENTOS E CRÍTICAS

Por Jennifer Hoffman

Como você responde a alguém que diz que você não é “espiritual” porque você não faz o que eles querem, eles não concordam com suas opiniões, ou eles são críticos de onde você está no seu caminho espiritual?

A resposta curta é que seu caminho espiritual não é da conta deles (é verdade). A resposta mais longa é que eles não têm o direito nem a capacidade de julgá-lo e isso reflete mais em seu próprio nível de consciência espiritual do que no seu. A vergonha espiritual é uma maneira pela qual a comunidade espiritual compete consigo mesma e não é uma coisa boa.

Este tema surgiu de um incidente em que alguém disse que eu não era ‘espiritual’ porque me recusei a oferecer aconselhamento comercial gratuito.

Ouvi histórias semelhantes de outras pessoas cujo nível de espiritualidade e consciência espiritual foi questionado porque alguém discordou deles ou se recusou a fazer algo que alguém queria.

Esses tipos de julgamento não servem ao caminho de ninguém e envergonham alguém por qualquer motivo, muito menos por sua espiritualidade, são uma fonte de separação e desconexão, alguns dos aspectos 3D que estamos trabalhando muito para superar.

O ciúme é uma fonte de vergonha espiritual, em resposta ao seu sucesso, sua luz, sua consciência e movimento em expansão ao longo do seu caminho. É uma tentativa de trazer você de volta a um nível em que alguém não se sente ameaçado por você, porque seu sucesso faz com que se sintam inferiores.

Outra fonte de vergonha espiritual é a competição, e vemos isso freqüentemente hoje em dia. Alguém sente que deve estar em um nível mais alto, mais brilhante, mais realizado e mais rápido do que qualquer outro.

A competição é uma energia 3D cuja contraparte 5D é colaboração. Não podemos competir uns com os outros espiritualmente porque não há um padrão, todos se movem em seu próprio ritmo, alinhados com sua missão de cura, aprendizado, crescimento e expansão da alma.

Ascensão não é uma maratona e a primeira pessoa na linha de chegada recebe um prêmio. É um caminho individual que faz parte da jornada da ascensão coletiva, ninguém termina primeiro nem por último, estamos todos onde precisamos estar a cada momento.

Se você é envergonhado por alguém que o critica e julga por “não ser espiritual”, lembre-o de que sua espiritualidade não é da conta de ninguém, é um contrato entre você e a Fonte.

E então continue sua jornada com confiança em seu coração e alegria em seu espírito porque você, e somente você, é capaz de ter qualquer opinião, conhecimento ou consciência sobre seu nível de espiritualidade.

Visite nossos canais no youtube:

Luz Das Estrelas

Dafne Lima Luz Das Estrelas

Compartilhe com Ética mantendo todos os créditos:

http://luzdasestrelas.com.br

Fonte: https://enlighteninglife.com

Texto: Jennifer Hoffman

Tradução: Dafne Lima Equipe Luz Das Estrelas

Você também pode gostar:

COMO EVITAR SENTIR-SE FACILMENTE OFENDIDO

Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *