O CAMPO INFINITO DE POTENCIAIS

Ative as notificações para receber nossas mensagens. Clique no sininho ao lado da postagem.

Por Jenny Schiltz
12/01/19

“Totó, tenho a sensação de que não estamos mais no Kansas”

Há uma sensação no ar de se estar em um novo espaço energeticamente. A melhor forma que eu posso descrever é: “não há paredes” . É como se a energia de todos os lugares estivesse fluindo e isso nos torna realmente sensíveis, física, emocional e mentalmente.

Muitos estão justamente se sentindo fartos de tudo isso. Pode fazer com que alguém se sinta como se quisesse permanecer na cama com as cobertas por cima da cabeça, deixando que o mundo passasse por ele.

Para mim, parece às vezes que há absorção em demasia, ao ponto em que a minha forma se torna sobrecarregada e necessita se desligar, por meio do sono ou de um momento de tranquilidade, onde eu possa literalmente olhar para as paredes durante horas.

Pedi para que me mostrassem o que estava acontecendo e fui agraciada com o entendimento que me ajudou tremendamente, por isso estou compartilhando com vocês agora.

Eles me mostraram enquanto eu andava pela floresta densa. A floresta era fresca e a luz do sol se infiltrava suavemente. O caminho não era enorme mas estava visível e claro. Poderíamos sair do caminho, mas haviam sinais e símbolos apontando-nos de volta cada vez que nos aventurávamos para fora.

Então, o caminho da floresta abriu-se para um grande campo. O sol estava ardendo, quase doloroso para os olhos em contraste agudo. Eu não podia ver um caminho em absoluto, e senti esse bombardeio de energia, o que me fez querer escorregar de volta para a suavidade da floresta.

Então me disseram: “Este é o campo das potencialidades, de todas as possibilidades para a sua vida”.

Quando eu realmente olhei para ele, era um número infinito de camadas de realidades, informações, frequências, crenças entrando e saindo do campo. Era como estar em uma sala coberta da cabeça aos pés em que os aparelhos de TV estivessem todos em canais diferentes.

Eu retruquei: “Como isto pode ser? Não há caminho. Parece demais, como se fosse tudo barulho, me fez querer desligar. Como posso saber em que direção caminhar nesse mar de confusão?”  – Fiquei completamente oprimida.

“Faça uma visita ao seu coração, ele vai lhe mostrar o caminho.”

Comecei realmente a sentir o espaço do meu coração, inspirei e expirei por meio dele. Com apenas algumas respirações comecei a me sentir melhor e a minha mente se apaziguou.

Para minha surpresa, um caminho começou a surgir no campo!

Quanto mais eu me acomodava no espaço do meu coração, mais o caminho se tornava evidente. Também começou a criar um campo de força ao meu redor que bloqueou todo o ruído.

Explicaram-me que a única maneira de avançar agora é estar plenamente ancorado no espaço do coração e a partir desse espaço determinar o que se quer. 

Cada pessoa tem o próprio caminho, seu campo de potenciais. Descobrir o que vocês querem e o que não querem é essencialmente quais fluxos de potenciais vocês desejam permitir em sua forma.

Eles alertaram que alguém pode sentir-se paralisado (sentar-se e olhar para a parede) se as pessoas não estiverem agindo ancorados a partir do espaço do coração. Então, quando se sentirem completamente sobrecarregados, reservem alguns minutos e certifiquem-se de não permitir muito disso.

Essa energia fará com que as pessoas façam grandes mudanças, de localização, carreira, relacionamentos e até acerca de sua saúde física. Sigam as advertências, visto que o espírito está nos ajudando, é realmente muito barulhento e parece pouco claro a menos que estejamos em nossos corações.

A maneira mais clara que posso explicar isso é dizer: “Se vocês não seguirem o seu coração tudo vai desmoronar”.

O espaço do coração é o nosso verdadeiro guia.

Espero que aquilo que eles me mostraram ajude-os a navegar em sua jornada sem se sobrecarregar demais. Sejam gentis consigo mesmo e com os outros. Envio a todos vocês muito amor.

Jenny

https://www.decoracaoacoracao.blog.br/Site original: www.channelingthemasters.wordpress.com – Copyright 2018, Jenny Schiltz – Se repassar, por favor, mantenham a integridade desta informação exatamente como se encontra aqui e incluindo todos os links acima e os links da publicação original.
Tradução de Ivete Brito – adavai@me.com – www.adavai.wordpress.com

https://luzdasestrelas.com.br/

 

CURSOS EAD LUZ DAS ESTRELAS

CONTRIBUA COM O NOSSO TRABALHO

 

 

Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *